Imprensa‎ > ‎

Arquivo 2009

  • Empresa de Campinas investe em projeto para levar internet à Amazônia Banda Larga - 23/10/2009FINEP, orgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, liberou quase R$ 1,5 miFlávio ParadellaO desafio é levar conexão banda larga para ...
    Postado em 24 de jan de 2012 20:01 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • NEGER leva internet à população ribeirinha da Amazônia Decision Report 22/10/2009A NEGER Telecom investiu no projeto RuralMax Amazônia para levar conectividade às comunidades remotas da região.De acordo com Rodrigo Hodgson, pesquisador e gerente de ...
    Postado em 24 de jan de 2012 20:01 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Neger Telecom leva conexão para a Amazônia 22 de outubro de 2009Projeto tem orçamento de R$ 2,1 milhões para dois anos de duraçãoA Neger Telecom investiu no projeto RuralMax Amazônia para levar conectividade às ...
    Postado em 24 de jan de 2012 20:00 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Empresas levam internet à população ribeirinha da Amazônia 22 de outubro de 2009 Como levar Internet para quem ainda não tem e desenvolver a Amazônia com tecnologias sustentáveis. Pensando nisso, a Neger Telecom decidiu investir no projeto RuralMax ...
    Postado em 24 de jan de 2012 20:00 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Neger Telecom leva conexão para a Amazônia Por Luana AquinoCampinas, 21 de Outubro de 2009Longe dos grandes centros, a conexão para o acesso à internet ainda é precária e cara, e as grandes operadoras não ...
    Postado em 24 de jan de 2012 20:00 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • NEGER Telecom lança sistema de contingência 3G 16 de outubro de 2009Em caso de falha de conexão, sistema atua automaticamente normalizando a falha e retomando a operação da conexão principalPesquisadores da NEGER Telecom lançam junto ...
    Postado em 24 de jan de 2012 20:00 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Abranet patrocina Futurecom 2009 e aborda modelos sustentáveis de acesso à Internet Associação contará com estande no evento e ainda mostrará como agregar mais serviços aos ISPsA Abranet (Associação Brasileira de Internet) é uma das patrocinadoras da 11ª. edição da Futurecom ...
    Postado em 24 de jan de 2012 19:57 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Defesa do SCM domina consulta sobre uso da faixa de 450 MHz Luís Osvaldo Grossmann - 17/08/2009Grande parte das contribuições à consulta pública sobre a destinação da faixa de 450 MHz defende que o acesso à banda larga nas áreas ...
    Postado em 24 de jan de 2012 19:59 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Clovis Cabreira torna-se gerente de P&D da Neger Telecom Canal Executivo - 24-07-2009O executivo Clóvis Cabreira aceitou o convite para assumir a gerência de P&D e Engenharia de Produtos da Neger Telecom. Ele deixa a carreira ...
    Postado em 24 de jan de 2012 19:59 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Rodrigo Hodgson vai gerenciar área de Engenharia da Neger Telecom Canal Executivo - 23-06-2009O executivo Rodrigo Hodgson vai assumir a gerência de Engenharia para Pesquisa e Inovação da Neger Telecom. Depois de mais de cinco anos atuando como ...
    Postado em 24 de jan de 2012 19:59 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Neger Telecom, de Campinas, abre 20 vagas para área de P&D IT Careers - Convergência Digital:: Da redação :: 21/01/2009A Neger Tecnologia e Sistemas, empresa brasileira de base tecnológica sediada na cidade de Campinas (SP), abriu 20 vagas para atuação ...
    Postado em 24 de jan de 2012 19:59 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Neger Telecom tem 20 novas vagas para área de P&D Canal Executivo - 19-01-2009A Neger Tecnologia e Sistemas, empresa brasileira de base tecnológica, sediada na cidade de Campinas, está contratando 20 profissionais para atuar em seus projetos de ...
    Postado em 24 de jan de 2012 19:58 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
  • Neger Telecom to focus on urban projects, launch service continuity solution Tuesday, October 27, 2009Brazilian telecoms solutions provider Neger Telecom expects to start targeting SMEs in urban areas of the country, company research and innovation manager Rodrigo Hodgson told BNamericas ...
    Postado em 24 de jan de 2012 20:01 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎
Exibindo postagens 1 - 13 de 13. Exibir mais »

Empresa de Campinas investe em projeto para levar internet à Amazônia

postado em 24 de jan de 2012 17:23 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 20:01 atualizado‎(s)‎ ]


Banda Larga - 23/10/2009

FINEP, orgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, liberou quase R$ 1,5 mi

Flávio Paradella

O desafio é levar conexão banda larga para a região amazônica. Uma empresa de Campinas decidiu apostar no projeto.

O investimento será de R$ 2 milhões. A iniciativa do chamado ruralmax amazônia vai durar dois anos.
Com isso, a ideia é implantar a tecnologia de acesso a banda larga.


Fonte: http://portalcbncampinas.com.br/noticias_interna.php?id=25947

Ouça a entrevista:


NEGER leva internet à população ribeirinha da Amazônia

postado em 24 de jan de 2012 17:22 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 20:01 atualizado‎(s)‎ ]



Decision Report 22/10/2009

A NEGER Telecom investiu no projeto RuralMax Amazônia para levar conectividade às comunidades remotas da região.

De acordo com Rodrigo Hodgson, pesquisador e gerente de Engenharia de Pesquisa e Inovação da NEGER, a companhia direcionou esforço para o projeto quando percebeu que a demanda por telefonia na região foi suprida, mas o acesso à Internet ainda é precário e não atrai o interesse comercial das grandes operadoras.

Dentro do escopo do projeto, serão desenvolvidas soluções de otimização de banda visando redução de custos e melhoria da performance dos acessos em banda larga em embarcações, além de ferramentas de rastreamento via satélite e soluções de energia alternativa para atender às particularidades da região.

O projeto RuralMax Amazônia tem um orçamento de R$ 2,1 milhões para dois anos de duração, sendo R$ 1,4 milhão liberado pelo FINEP, e o restante com recursos da própria NEGER.

Fonte: http://www.decisionreport.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5400&sid=2

Neger Telecom leva conexão para a Amazônia

postado em 24 de jan de 2012 17:20 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 20:00 atualizado‎(s)‎ ]


22 de outubro de 2009

Projeto tem orçamento de R$ 2,1 milhões para dois anos de duração

A Neger Telecom investiu no projeto RuralMax Amazônia para levar conectividade às comunidades remotas da região. “Percebemos que a demanda por telefonia foi suprida, porém, a por internet ainda é precária”, comenta Rodrigo Hodgson, gerente de engenharia, pesquisa e inovação da Neger Telecom.

O projeto RuralMax Amazônia tem um orçamento de R$ 2,1 milhões para dois anos de duração, sendo R$ 1,4 milhão aportado pela Finep, e o restante contrapartida da própria Neger Telecom. Segundo Hodgson, as soluções previstas pelo projeto utilizarão as tecnologias celulares disponíveis (GSM, EDGE e 3G) e tecnologias via satélite (ainda em teste) para o estabelecimento de acessos de dados em banda larga e de telefonia às comunidades remotas e embarcações da região amazônica.

"Dentro do escopo do projeto, também serão desenvolvidas soluções de otimização de banda visando redução de custos e melhoria da performance dos acessos em banda larga, soluções de rastreamento via satélite e soluções de energia alternativa para o ambiente amazônico", completa o executivo.

Fonte: http://www.cotidianodigital.com.br/menu_07/noticia.asp?id=1019

Empresas levam internet à população ribeirinha da Amazônia

postado em 24 de jan de 2012 17:10 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 20:00 atualizado‎(s)‎ ]



22 de outubro de 2009 


Como levar Internet para quem ainda não tem e desenvolver a Amazônia com tecnologias sustentáveis. Pensando nisso, a Neger Telecom decidiu investir no projeto RuralMax Amazônia para levar conectividade às comunidades remotas da região. “As grandes operadoras não têm interesse comercial em explorar estas áreas. Percebemos que a demanda por telefonia foi suprida, porém, a por internet ainda é precária”, explica Rodrigo Hodgson, Pesquisador e Gerente de Engenharia de Pesquisa e Inovação da Neger Telecom.

"Dentro do escopo do projeto, serão desenvolvidas soluções de otimização de banda visando redução de custos e melhoria da performance dos acessos em banda larga em embarcações, soluções de rastreamento via satélite e soluções de energia alternativa para o ambiente amazônico", completa Rodrigo.

O projeto RuralMax Amazônia tem um orçamento de R$ 2,1 milhões para dois anos de duração, sendo R$ 1,4 milhão liberado pela FINEP, e o restante da própria Neger Telecom.

(Da Redação Corpbusiness & Inter IT)

Fonte: http://corpbusiness.uol.com.br/interna.php?p=sn&id=4120

Neger Telecom leva conexão para a Amazônia

postado em 24 de jan de 2012 17:07 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 20:00 atualizado‎(s)‎ ]


Por Luana Aquino
Campinas, 21 de Outubro de 2009


Longe dos grandes centros, a conexão para o acesso à internet ainda é precária e cara, e as grandes operadoras não têm interesse comercial em explorar estas áreas. Foi pensando nisto que a Neger Telecom decidiu investir no projeto RuralMax Amazônia para levar conectividade às comunidades remotas da região. “Percebemos que a demanda por telefonia foi suprida, porém, a por internet ainda é precária”, comenta Rodrigo Hodgson, gerente de engenharia, pesquisa e inovação da Neger Telecom.

O projeto RuralMax Amazônia tem um orçamento de R$ 2,1 milhões para dois anos de duração, sendo R$ 1,4 milhão aportado pela Finep, e o restante contrapartida da própria Neger Telecom. Segundo Hodgson, as soluções previstas pelo projeto utilizarão as tecnologias celulares disponíveis (GSM, EDGE e 3G) e tecnologias via satélite (ainda em teste) para o estabelecimento de acessos de dados em banda larga e de telefonia às comunidades remotas e embarcações da região amazônica.

"Dentro do escopo do projeto, também serão desenvolvidas soluções de otimização de banda visando redução de custos e melhoria da performance dos acessos em banda larga, soluções de rastreamento via satélite e soluções de energia alternativa para o ambiente amazônico", completa o executivo.

Com mais de cinco mil clientes, cerca de 500 atendidos por satélite, a Neger Telecom é uma empresa nacional, sediada no pólo tecnológico de Campinas. Desde 1987, é especializada no segmento de telecomunicações. Os planos da companhia são de crescimento, na casa dos 40%, em suas receitas, projetadas em R$ 5 milhões para 2010.

Fonte: http://telesintese.ig.com.br/index.php?option=content&task=view&id=13467&Itemid=10

NEGER Telecom lança sistema de contingência 3G

postado em 24 de jan de 2012 17:05 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 20:00 atualizado‎(s)‎ ]



16 de outubro de 2009

Em caso de falha de conexão, sistema atua automaticamente normalizando a falha e retomando a operação da conexão principal

Pesquisadores da NEGER Telecom lançam junto a ABRANET um sistema de contingência para acabar com as falhas de acesso à Internet.

É uma alternativa mais barata do que a convencional. Em caso de falha da conexão principal de Internet, o sistema de contingência atua automaticamente. Normalizada a falha, ele retorna a operação da conexão principal. “Tão simples e tão rápido, que você nem chega a perceber a mudança”, confirma Rodrigo Hodgson, Gerente de Engenharia da NEGER Telecom.

Fonte: http://www.cotidianodigital.com.br/menu_07/noticia.asp?id=1015

Abranet patrocina Futurecom 2009 e aborda modelos sustentáveis de acesso à Internet

postado em 24 de jan de 2012 17:03 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 19:57 atualizado‎(s)‎ ]


Associação contará com estande no evento e ainda mostrará como agregar mais serviços aos ISPs

A Abranet (Associação Brasileira de Internet) é uma das patrocinadoras da 11ª. edição da Futurecom, mais importante evento de telecomunicações do mercado nacional, que acontece entre os dias 14 e 16 de outubro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

No dia 13 de outubro, das 10h às 18h, no auditório Chile, a Abranet ainda promove um evento antes da abertura oficial da Futurecom, que reunirá parceiros do setor, como American Explorer, CopperGate/Cianet, Gigacom, NEGER Telecom, Radwin e WDC Networks para apresentar soluções e oportunidades que agreguem valor aos serviços de ISPs (Internet Services Providers).

“Participar da Futurecom é uma das grandes oportunidades de estarmos ainda mais próximos dos nossos associados e dos nossos usuários para sentirmos de perto quais suas principais demandas e desafios”, explica Eduardo Fumes Parajo, presidente da Abranet. “Também é o momento para compartilharmos nossas experiências com o mercado e ajudar a nortear as atividades de fornecimento de Internet”.

Além da abertura do evento especial na véspera da Futurecom, Parajo participa do painel A Importância da Expansão nos Mercados de Baixa Renda e os Novos Modelos Sustentáveis de Acesso à Internet, no dia 15 de outubro, às 17h20, no auditório França, pavilhão A, sob a coordenação do jornalista Heródoto Barbeiro. Na ocasião, executivos do mercado de telecom e líderes do Governo discutirão quais as estratégias para alcançar efetivamente a inclusão digital online.

A Futurecom reúne as principais empresas do setor para discutir o atual cenário do mercado, mostrar tendências e debater o futuro das telecomunicações. Para mais informações sobre o evento e a participação da Abranet, acesse o sitehttp://www.futurecom2009.com.br.

Serviços

- Pré-evento dia 13 de outubro (Auditório Chile)

10h      Abertura – Eduardo Fumes Parajo – Abranet 

10h30   Aplicações 3G para Provedores de Internet – Rodrigo Hudgson – NEGER Telecom

11h      A Tropicalização da Inclusão Digital – Paulo Mota – American Explorer

12h      Redes Metropolitanas Privadas – Alternativas ao Monopólio – Zaki Nunes – Gigacom

13h      Almoço 

14h30   Backhaul – Como ampliar sua rede com eficiência  Roni Weinberg – Radwin

15h30   Apresentação do AirMAX, a Nova Linha de Equipamentos da Ubiquiti para Provedores de Acesso – David Belgini – WDC Networks

16h30   Solução de Rede Banda Larga Triple Pay para ISP – Fabiano R. Carneiro – CopperGate/Cianet

17h       Painel de Debates 

19h       Solenidade de Abertura do Futurecom

Local
Futurecom 2009
Transamérica Expo Center São Paulo  
Av. Dr. Mario Vilas Boas Rodrigues, 387
Santo Amaro - São Paulo

Sobre a Abranet 
A Abranet — Associação Brasileira de Internet, foi fundada em dezembro de 1996 com 58 provedores filiados. Atualmente, mais de 300 empresas estão associadas à entidade, que fornece apoio à implementação de provedores de acesso, serviços e informações, buscando o desenvolvimento da Internet no Brasil. Presidente da entidade Eduardo Fumes Parajo

Para mais informações, acesse www.abranet.org.br

Defesa do SCM domina consulta sobre uso da faixa de 450 MHz

postado em 24 de jan de 2012 16:59 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 19:59 atualizado‎(s)‎ ]



Luís Osvaldo Grossmann - 17/08/2009

Grande parte das contribuições à consulta pública sobre a destinação da faixa de 450 MHz defende que o acesso à banda larga nas áreas rurais do país seja feito preferencialmente pelas operadoras com licença de SCM, especialmente, os pequenos provedores de internet.

É uma frente nova de disputa, uma vez que o desenho sugerido até aqui tanto pela Anatel quanto pelo Ministério das Comunicações é o de privilegiar a atuação das operadoras móveis.

A ideia do Minicom, inclusive, é replicar o artifício usado no leilão das frequências 3G, no qual as teles foram favorecidas com licenças mais baratas, mas assumiram a obrigação de levar a telefonia móvel a todos os municípios do país.

Em geral, a lógica que sustenta a maior parte dos argumentos é que as autorizadas de SCM estão capilarizadas pelo país, o que seria uma vantagem inclusive técnica, conhecem melhor a realidade local e estão próximas dos usuários.

Assim, os principais pontos elencados em defesa do SCM são:

1) As operadoras de SMP e STFC irão prover os serviços em cima de suas licenças de SCM, logo não há lógica em alijar os autorizados de SCM do processo;

2) As operadoras de SCM tem muito mais capilaridade e podem promover a inclusão digital mais rapidamente e com custos mais baixos para a população;

3) A exploração em caráter secundário não condiz com as operadoras SMP e STFC, pois elas tem como princípio oferecer serviços em faixas primárias, logo, nestas condições dificilmente farão grandes investimentos nestas faixas.

Nessa linha, a Associação Brasileira de Telecomunicações Rurais (Abrater), entidade que reúne usuários, empresas instaladoras e de engenharia de sistemas de telecomunicações rurais, faz uma avaliação técnica da instalação dessa nova rede rural.

A entidade sustenta que não se pode considerar que uma estação radio base seja capaz de atender raios de 50 km no interior do país, especialmente sem a construção de infraestrutura adicional na propriedade rural receptora.

“O país não é plano. O morfologia da ocupação das regiões não é uniforme. É evidente que em boa parte dos casos será necessária a construção de torres, edículas ou instalação de antenas externas nas propriedades rurais. Regiões como por exemplo o Sul do Estado de Minas Gerais, de relevo montanhoso, demandarão intensamente este tipo de infra-estrutura adicional”, diz a entidade.

“A prática demonstra que os arranjos produtivos locais hoje existentes na instalação e manutenção de sistemas celulares fixos, rádios monocanais e terminais de Internet SCM satelitais ou via rádio (2,4 GHz ou 5,8 GHz) convergem para pequenas empresas locais próximas ao usuário rural”, defende a Abrater.

Como se vê, argumentos não faltam para uma aposta no SCM, entendido principalmente como um serviço de pequenos provedores, espalhados pelo país – há 1400 deles. Mas com o Ministério das Comunicações tentando realizar os leilões ainda em 2009, parece difícil acreditar numa mudança de orientação da política.

Clovis Cabreira torna-se gerente de P&D da Neger Telecom

postado em 24 de jan de 2012 16:57 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 19:59 atualizado‎(s)‎ ]

Canal Executivo - 24-07-2009


O executivo Clóvis Cabreira aceitou o convite para assumir a gerência de P&D e Engenharia de Produtos da Neger Telecom. Ele deixa a carreira de pesquisador do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer. 

Cabreira é graduado em Engenharia Elétrica pelo Inatel, com mestrado pela Unicamp. Possui mais de 22 anos de experiência na área de tecnologia, pesquisa e desenvolvimento, tendo atuado como pesquisador no CPqD, como pesquisador e professor universitário na Unicamp e por três anos nos Estados Unidos na área de desenvolvimento de semicondutores da Clarisay Inc. Site: 
www.neger.com.br

Rodrigo Hodgson vai gerenciar área de Engenharia da Neger Telecom

postado em 24 de jan de 2012 16:55 por Eduardo Neger ‎[NEGER® Telecom]‎   [ 24 de jan de 2012 19:59 atualizado‎(s)‎ ]


Canal Executivo - 23-06-2009

O executivo Rodrigo Hodgson vai assumir a gerência de Engenharia para Pesquisa e Inovação da Neger Telecom. Depois de mais de cinco anos atuando como pesquisador, ele deixa o CPqD.

Hodgson é graduado em Engenharia Elétrica pela Unicamp, com duas pós-graduações em Finanças e Computação pela mesma universidade. Com mais de 15 anos de experiência na área de tecnologia, pesquisa e desenvolvimento, atuou em empresas como Lucent, Trópico e CPqD. Site: www.neger.com.br

1-10 of 13